Você está visualizando atualmente Como Funcionam Os Celulares Com Inteligência Artificial

Como Funcionam Os Celulares Com Inteligência Artificial

Barcelona (enviado especial). Nos últimos meses, conversou-se muito da chegada de inteligência artificial para os smartphones. De fato, é a característica que mais se salientam as companhias na hora de explicar os seus produtos, e será uma das estrelas da feira de Barcelona (MWC), que abre tuas portas no dia vince e seis de fevereiro.

LG, por exemplo, anunciou que vai lançar, na MWC, uma nova versão do teu LG V30 que integrará inteligência artificial, a tua câmera de fotos, e também outras otimizações que vêm da mão-de-Google Assistant. A Samsung, por sua parcela, deu a entender o seu chip Exynos 9810, que também está fundado em redes neurais, como o Snapdragon 845 Qualcomm. Barcelona, precisam acrescentar um destes dois últimos processadores, de acordo com o país onde é vendido. Os Google Pixel dois tem um processador, chamado de Pixel Visual Core, que integra 8 unidades de processamento de imagem, alimentado por machine learning. ARM por tua vez, lançou o Projeto Trillium que faz referência a batata frita com IA (inteligência artificial) integrado.

Normalmente experimentam funções ligadas ao aprendizado profundo, pelo smartphone, quando, por exemplo, se utiliza o Google Fotos que reconhece e agrupa as imagens de forma automática. Mas os casos mencionados antecipadamente, procura-se ir um passo além e inserir esta tecnologia para equipamentos com o encerramento de otimizar processos.

Quando se fala da chegada da inteligência artificial para os celulares, se faz referência aos processadores com redes de processamento neural. Nestes casos, a inteligência artificial está embebida no coração mesmo do telefone e é o que permite ao celular, entre muitas algumas coisas, escolher como administrar seus recursos pra funcionar da melhor forma possível.

  • 3 50 Aniversário
  • o Que é a inteligência artificial
  • 25 RE: bem-vindos
  • 151 Apenas uma avaliação

Uma rede neural procura imitar o funcionamento do cérebro humano. Refere-Se a uma plataforma de computação que tem neurônios ou unidades de cálculo que se conectam entre si. Essa rede é apto de detectar padrões, assimilar (bem como designado por machine learning ou aprendizagem das máquinas) e tomar decisões em função disso. Hernán maria do carmo ramos pimentel, responsável pela MediaTek Argentina.

A inteligência artificial permite aperfeiçoar o funcionamento do micro computador, fazendo um uso mais produtivo da energia. Santiago Fontán Balestra , gerente de Vendas Regional da América Latina Cone Sul da Qualcomm. Consegue-Se otimizar o reconhecimento de voz. Assim, o móvel não é apenas consegue entender o que diz o usuário, no entanto que assim como é apto de perceber a maneira em que se expressa, compreende as variações e pode interpretar o contexto, diz Balestra.